PALAVRAS DOCES


Potencializar o amor e o afeto e minimizar os sentimentos e atitudes que nada constroem parece ser o caminho para uma vida equilibrada. E nada melhor do que vivenciar esta prática através de palavras doces. Sim, as palavras são poderosas e quando usadas para o bem, podem mudar os relacionamentos e tornar o cotidiano também mais doce. As palavras modificam as pessoas.


Para entendermos melhor a importância de sermos gentis e atenciosos com os outros, basta pensarmos em como nos sentimos quando somos bem tratados, respeitados e valorizados. Sentir-se importante para as pessoas muda totalmente nossa concepção da vida e nos faz mais fortes, mais seguros. E a tendência é replicarmos aquilo que nos faz bem.


Outra questão importante a considerar é que só contagiamos outras pessoas a espalharem palavras doces, sorrisos e afeto se assim o fizermos. Não se pode exigir amor. É preciso vivenciá-lo e entregá-lo aos outros para então desfrutar da reciprocidade.

Aquilo que a gente emana volta com força para nossa vida. A vida é uma constante troca.


Finalmente, é fundamental que sejamos gentis com nós mesmos. Sem cobranças exageradas, sem metas inatingíveis, olhando mais para as nossas qualidades do que defeitos, nos perdoando sempre que necessário. Vale sorrir e falar palavras doces ao espelho. A vida não costuma ser muito fácil. Palavras doces para nós, para os outros e para o mundo podem amenizar nossas dores. As palavras são instrumentos acessíveis a todos. Que sejam usadas para construir e fortalecer os vínculos!


Texto publicado no Jornal - NH, dia 28 de julho

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo