A leitura acalenta a alma


O mundo se transforma diariamente. Em pouco tempo, o que fazia muito sentido passa a ser duvidoso. Tudo é dinâmico. Mudam conceitos e ideias. Verdades são temporárias, pois a vida se movimenta e precisamos nos movimentar com ela. Nós hoje não somos mais os mesmos do que há tempos atrás. Pessoas próximas se vão, pessoas novas se aproximam, o que era prioridade passa a ser secundário. Viver é uma constante adaptação.


A leitura pode nos ajudar a entender melhor as mudanças que se impõem. Ela nos traz novas formas de analisar o cotidiano. Aproxima-nos de pessoas e histórias e nos traz a sensação de pertencimento. Ler faz bem pra alma e nos fortalece. Faz-nos sentirmos vivos e inseridos no mundo. Conecta-nos ao passado, para entendermos o presente e imaginarmos o futuro. Há tantas histórias para conhecer, tantas reflexões a fazer, tantas experiências a compartilhar. E a leitura nos permite esta conexão.


A interação com aquilo que foi escrito por outras pessoas, com textos cuidadosamente elaborados e com a linguagem literária que se traduz em arte provoca o encantamento ou, muitas vezes, o estranhamento que nos tira da zona de conforto e nos impulsiona ao novo. Quem cultiva o hábito de ler está em constante revolução interna, buscando novas formas de explicar ou entender a vida. E, na maioria das vezes, não há uma conclusão clara do que significa estarmos aqui. Quanto mais se busca aprender, mais se percebe que nada é definitivo. Tudo é temporário.


Cabe destacar ainda, que o leitor habitual melhora muito sua capacidade de expressão. Produzir um texto pode ser algo extremamente libertador. Ele é o reflexo do que pensamos e materializa aquilo que está latente em nós. A leitura nos dá as ferramentas para a comunicação com o mundo. Aumenta nosso repertório de ideias e permite que nossas reflexões sejam compartilhadas ao nos sentirmos mais seguros em escrever e viajar pelo mundo das palavras, das ideias e das emoções. A leitura é libertadora!




O texto foi publicado no Jornal NH, Novo Hamburgo, na quinta-feira, 17 de fevereiro de 2022.










18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo